segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Mais umas molduras para a casa de banho

Vou explicar como surgiram estas molduras.
Um dia quando fui levar a filha mais velha a Portalegre (ela anda lá na faculdade) numa das paragens no Alentejo, para beber um café, deparei-me com uma lojinha de material de artes.
Deu-me logo o bichinho para lá entrar para ver o que havia. Quando vi o lavatório e a banheira em gesso, não resisti em os comprar.
Mesmo não sabendo na altura, o que ia fazer com eles, sabia que mais tarde as ideias iriam surgir, e isto acontece-me muitas vezes, gosto de algo, compro e mais tarde faço sempre qualquer coisa.
Há uns tempos atrás, andava a ver as novidades do blog da Cidinha e ela tinha lá um post que direcionava para o blog Inspiration i vitt da sueca Ingela, sobre o estilo rústico.
Deliciei-me a ver tudo e uma coisa ficou certa, eu iria fazer qualquer coisa com branco, usando a banheira e o lavatório.
Pensei, pensei e lembrei-me que tinha 2 molduras de lado, porque os vidros tinham-se partido, vinham mesmo a calhar, pintei-as de branco e forrei os fundos com um quadrilé tipo serapilheira, mas mais fino e macio.
Ficaram assim uns dias, e estava eu a forrar uns cadernos e lembrei-me da rendinha branca, ideal para as molduras. Colei e para dar um toque requintado, fui buscar umas flores de metal, às minhas bijuterias.
A toalhinha da banheira também a fiz e o bordado tingi com café(??), sim com café, para ficar no mesmo tom.
E voilá.
















Enquanto as miúdas não voltarem, não há máquina para fotografar os últimos trabalhos.


sábado, 28 de agosto de 2010

Tecidos....

Agora sem máquina por uns dias, (as miúdas foram para um intercâmbio, e levaram-na), vai ser difícil postar algum trabalho, só posso contar com aquilo que já tinha tirado foto.

Assim, aqui estão os tecidinhos de Natal, para já ir pensando em fazer algumas coisas.

Uma caixinha para a Leonor

Ela adora Hello Kitty, por isso, esta foi a escolha.










quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Caderno A6

As férias a chegarem ao fim e um novo ano lectivo a chegar...... há que preparar tudo o que é necessário. Um caderninho A6 (que é pequeno) dá sempre jeito ter na mala, para anotarmos o necessário. As agendas de 2011 já se vão encontrando à venda, e já tenho uma entre mãos, quando estiver pronta coloco aqui.






quarta-feira, 25 de agosto de 2010

O Branco fascina-me

Quem me conhece, sabe que adoro vestir de branco, seja no inverno, seja no verão.

Agora, ando a descobrir o branco, na decoração e adoro cada vez mais. Aliás já ando com uns trabalhos em mãos onde o branco é a cor base.

Agora imaginem o que é ter uma mãe que nos surpreende com um quarto de dormir em tons de branco.

Foi o que fez Melaine Thompson do blog My Sweet Savannah. Vejam as imagens onde se podem apreciar vários detalhes, ficou um espectáculo.

domingo, 22 de agosto de 2010

Quem resiste a estas fofuras

A Vileda voltou a engravidar, e sábado passado deu à luz 4 gatinhos.
A natureza é extraordinária e assistirmos à gestação, ao parto e ao seu crescimento, não tem palavras.

É uma alegria cá em casa. Quem tem gatos e já teve gatinhos, sabe como é. Ela é uma mãe super dedicada, e se algum mia e ela está longe, vai logo a correr saber o que se passa. Contudo, deixa pegar neles e não refila.
As imagens seguintes são enternecedoras e Sónia não me esqueci do teu pedido, que gostavas de ver fotos dos gatinhos. Delicia-te e mata saudades.

Quanto ao sexo, as filhotas dizem que são 3 machos e uma fémea, o pai diz que não concorda, acha que é um macho e 3 fémeas. Vamos a ver, daqui a mais duas semanas, já se vê melhor.

Eles são como a mãe, cheios de pêlo e com este calor, nem conseguem estar todos num montinho, como é o normal. Reparem no rabinho como é peludo!


Parecem branquinhos, mas não é verdade, os siameses nascem assim e à medida que vão crescendo, a côr vai se alterando, até ficarem igual à mãe. Reparem que a pontinha das orelhas já começa a ficar castanha.












sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Colar rosa/castanho

Estas contas já as tinha há algum tempo, à espera de inspiração para fazer um colar. Já estavam na mesa espalhadas com mais umas de metal, e enquanto ia fazendo outros trabalhos, lá estavam elas ali à espera, porque tenho sempre vários trabalhos em mãos, pois gosto de ir olhando para eles e conforme as ideias vão surgindo, pego num ou noutro.

Como precisava de fazer uma oferta uma Amiga, lá fui fazendo várias tentativas e lá saiu assim, eu adorei o resultado final e ela também.










sábado, 14 de agosto de 2010

Caixa de madeira forrada a tecido

Esta é a primeira vez que forro uma caixa de madeira com tecido, e gostei imenso do resultado final, e o acabamento fica excelente.
Primeiro pintei a caixa toda de branco, incluindo a tampa, visto que o fundo do tecido é branco. O interior levou três camadas.
Nao podia faltar o bordado inglês e a fita de cetim, para dar um toque especial.


Uma vista do interior da tampa.

Uma vista da parte superior da tampa.

O fundo exterior também foi forrado, para dar um melhor acabamento.


O interior depois de pintado, foi revestido com EVA.








quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Almofada para o portátil

Quem tem por hábito trabalhar com o computador portátil em qualquer lado, sabe o que custa no verão trabalhar com ele no colo, é mesmo missão impossível. Se estou na sala, o que costumo fazer é, colocar uma almofada, mas com o calor, acabo por desistir ao fim de algum tempo.

Mas a sujestão da Iára Capraro, não é uma almofada qualquer, vejam o vídeo.




video

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

Tutorial: quadro para a casa de banho

Como ainda tenho mais algumas miniaturas de perfumes, quis fazer mais um quadro. A moldura há já alguns meses que a tinha comprado, à espera de tempo para fazê-la, e agora que estou de férias é aproveitar o máximo, para dar largas à imaginação.


Então fiz assim:

  • Lixei a moldura, bem como a placa que faz o fundo;
  • A moldura e as prateleirinhas, levaram três camadas de tinta branca, e o fundo três de lilás muito suave;


  • Cortei o bordado inglês, e a fita de cetim lilás à medida de cada prateleira;
    • Colei com cola de tecido, primeiro o bordado e depois a fitinha;

    • Marquei na moldura o local onde iria posicionar as prateleiras e coloquei-as;




    • Cada prateleira foi cortada com o tamanho exacto, e depois de pintadas, tive que lixar os lados, senão não cabiam, visto que foram cortadas à justa;
    • A tarefa mais difícil, foi colocar os perfumes com distâncias iguais entre eles e colei-os com um pingo de cola de contacto transparente:

    Eis o resultado final.


    Este ficou bem diferente dos outros que tinha feito anteriormente, mas adorei o resultado final.

    Latinha para as tiras de comprimidos

    Aqui está mais um exemplo de como aproveitar as latinhas. Esta continha tomate triturado com manjericão e por ter a parte interior toda branca, nem pensei duas vezes em reciclar.

    Lavei muito bem com água e detergente da loiça, retirei o rótulo e finalmente voltei a lavar com vinagre.

    Antes de a pintar coloquei na mesa com os comprimidos a ver se funcionava, pois vários já foram os objectos que usei para colocar os comprimidos e ao fim de algum tempo, lá andavam todos espalhados. Passados alguns dias retirei-a e não é que o maridão perguntou logo «que é feito da latinha onde estavam os comprimidos?». Pensei bom, bom, parece que esta vai resultar melhor que os objectos anteriores, vamos por mãos à obra, e reciclá-la.

    Passei três camadas de tinta branca, e seguidamente fiz a decoupage. Desta vez, utilizei o método da Cidinha, molhei durante uns 30 segundos a imagem em água, limpei com muito cuidado o excesso de água com um guardanapo e a seguir passei termolina leitosa no verso e colei. Acho que o acabamento fica muito melhor, do que o método que eu usava antes, que era passar cola para decoupage no verso e colar.

    Arranjei uma fitinha na cor de parte da imagem e colei a toda a volta.