quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Bolo de Natal

Tal com já havia prometido, aqui fica a receita do bolo de Natal.


Bolo de Natal

Ingredientes
- 500 gr de farinha trigo
- 250 gr de manteiga
- 500 gr de açúcar
- 4 ovos
- 250 gr frutas cristalizadas variadas, cortadas aos bocadinhos
- passas
- 2 colheres de sopa de melaço
- 3 colheres de chá de fermento em pó
- noz moscada
- sumo de um limão
- 1 colher chá de canela
- 1 pitada de cravinho
- 1 cálice de brandy ou aguardente
- 1 chávena de chá de leite

Modo de preparar

Bata os ovos inteiros com o açúcar, até obter uma massa esbranquiçada. De seguida, junte a manteiga já amolecida (basta 1 minuto no «descongelar» do micro ondas) e volte a bater bem. Vá acrescentando a farinha o fermento, o sumo de limão, o melaço, a noz moscada, a canela, o cravinho e a bebida, continue a bater bem; por fim o leite, mexendo sempre.


Deixe descansar, e entretanto vamos preparar as frutas cristalizadas:Coloque-as num passador e verta água a ferver por cima, para retirar o excesso de açúcar, escorra bem. Deixe arrefecer e enrole-as em farinha. Aqui é mais rápido se encher um saquinho com farinha e deitar neste as frutas, depois é só mexer.

Por fim, junte as frutas com cuidado, sem bater, e seguidamente coloque numa forma untada com manteiga e polvilhada com farinha.

Vai ao forno a 150º, durante uma hora. Faça o teste com o palito, se necessário, coloque novamente no forno, durante mais meia hora.

Feliz Ano Novo/Happy New Year









Esta fita bordada em ponto cruz, foi aplicada num pano de loiça, e achei que era a altura ideal para a vos mostrar.

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Boas Festas


Queridas amigas, seguidoras e visitantes,


Este é o primeiro Natal que passo como membro da blogosfera, e têm sido muito gratificante e enriquecedor para mim.

Já fiz grandes amizades, e encontrei pessoas muito especiais, que me têm acarinhado com os seus comentários e, posso vos garantir, já têm um lugarzinho no meu coração.

Desejo a todas vocês, um Santo Natal, repleto de amor, carinho, amizade e prosperidade, na companhia das pessoas que mais amam.


Um abraço.

Ione

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Faixas para a mesa de Natal

Estava a ver que não conseguia acabar a tempo, as duas faixas que fiz, para colocar na mesa, na noite de Natal. Mas consegui, o outro projecto é que só conseguirei acabar, se o tempo permitir


Tinha um tecido natalino e a estopa, foi só colocar a imaginação e a criatividade a funcionar.

Com a ajuda da Sissix da minha amiga I. cortamos as letras em feltro vermelho. De seguida fiz o viés, porque fica mais económico. Dá um bocadinho de trabalho em fazê-lo, mas como diz o ditado, quem corre por gosto não cansa.
Depois colocarei aqui o tutorial.


Coloquei o viés, e fiz uma bainha invisível.



Finalmente colei com termocolante e passei com um fio branco todas as letras.


Prendinhas (II)

Além das prendinhas do post anterior, também fiz uns mini cabazes para oferecer.




Faziam parte destes, um pequeno bolo de natal que fiz, receita da minha terra, depois hei-de colocá-lo aqui. Usei uns tachinhos pequenos a fazer de forminhas , e tinha cá em casa umas latinhas, que eram mesmo à medida para colocar o bolo lá dentro, inspirei-me aqui. Se tivesse pensado nisto antes, até tinha reciclado as latinhas, mas fica para um próximo natal. Comprei papel de seda verde e depois de os embrulhar em papel manteiga, coloquei à volta o papel de seda.


Seguidamente, fiz o mesmo com o bolo de figo, e com recurso ao computador e às imagens que tinha, fiz uns autocolantes para ambos os bolos.



Enchi o frasco com as azeitonas britadas, coloquei um laço vermelho. A única coisa que comprei foi os cestinhos.
A s azeitonas britadas foi trabalho, dividido a meias com o marido.



Como se fazem as azeitonas britadas? (isto à moda do local onde moro).

São apanhadas ainda verdes (apanhamo-las em Outubro), e uma a uma, com um martelo dá-se uma pancadinha, de modo a abrirem, mas não se esmagarem (não se deve fazer o golpe com uma faca, pois o sabor não fica o mesmo).

Seguidamente colocam-se num recipiente (usei garrafões de plástico) com água, e vai-se mudando diáriamente a água . Passado um mês aproximadamente, provam-se e se ainda tiverem um sabor amargo, devem ficar mais tempo em água, caso contrário, estão prontas a adicionar-se o sal. Deixamos ficar assim por mais uns dias para tomarem o sal.

A partir daqui, dividem-se por vários recipientes (podem ser frascos ou caixas plásticas) e à medida que forem sendo usadas, de véspera adicionar oregãos. Ficam uma delícia, mas minhas amigas, cuidado com o sal, olha a tensão alta! :) :).


Caso fiquem salgadas, é só mudar a água várias vezes, antes de adicionarem os oregãos.

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Prendinhas (I)

Queridas amigas, seguidoras e visitantes, andei afastada uns dias, e nem tempo tinha para ver os blogs que sigo. Agora que surgiu um tempinho, (e vai haver mais), a primeira coisa que fiz foi visitá-los, e comentar as coisas lindas que vocês fazem.
Como já tinha referido, tenho um trabalho entre mãos, mas ainda não está terminado, mas vou colocá-lo aqui antes da consoada.
Hoje trago-vos algumas agendas, blocos pequenos e um caderno, que forrei, para oferecer, foram todos almofadados, excepto a última de todas (a das vaquinhas e que é para alguém que adora este padrão).


Esta é grande, dá para em duas páginas, visualizar a semana toda.



Esta é A5:


Estas são A7:









Os blocos A7:








E finalmente, o caderno A5:



terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Postais de Natal

Nesta época festiva, trago-vos umas sugestões para os vossos postais de Natal.
Simples e charmosas. Espero que gostem.


domingo, 12 de dezembro de 2010

Bolo de Figo




Aqui onde moro é costume fazerem com os figos secos, um bolo denominado Bolo de Figo. Qualquer pessoa que tenha figos secos, amêndoa e muita paciência, poderá faze-lo.


Eu fiz, e dê-lhes a forma de uma tortinha, mas poderá ser feito redondinho. Vou aproveitar alguns para o natal. Apesar de ser uma bomba calórica, tem duas vantagens, com a forma de tortinhas, poderemos partir umas fatias pequenas e muito fininhas, e guardado no frigorifico, dura mais de um ano.


Aqui vai a receita.


Bolo de Figo

Ingredientes

  • 1kg de figos secos
  • 1 kg de açucar

  • 300g de amêndoas sem pele
  • 1 copo de aguardente de anis

  • 2 colheres de sopa de erva doce

  • 2 colhers de sopa de chocolate em pó

  • 2 colheres de sopa de canela

Modo de preparar


Usando o picador de carne manual (nas picadoras electricas fica tipo papa, não convém) pique simultâneamente figos e amêndoas. Num tacho, junte este preparado com todos os outros ingredientes. Leve ao lume brando, mexendo sempre, e quando a massa estiver toda ligada, retire. Deite sobre papel manteiga e forme as tortinhas.

Reserve algumas amêndoas para a decoração.

Embrulhe em papel manteiga e guarde no frigorifico.

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Utilizando pássaros na decoração de Natal

Olá a todos
Para mim esta época, a nível profissional é muito exigente, pelo que o tempo que me sobra não dá para acabar o trabalho que tenho entre mãos para vos mostrar.
Assim resolvi trazer-vos uma árvore de Natal super original, proposta da Martha Stewart. Se tem um bonzai grande, terá a coragem de o transformar numa árvore de Natal?
Quer aprender como pintar um galho verde de prateado, ou como dar um aspecto especial a pássaros, para fazer alguns enfeites de Natal? Eu fiquei encantada.
Veja o video aqui.











domingo, 5 de dezembro de 2010

Presépio (III)

Queridas amigas, seguidoras e visitantes,


Hoje não venho mostrar algo pronto, mas sim pedir a vossa ajuda e sugestões, para um dilema, que já dura há cerca de cinco anos, altura em que adquiri este presépio.


Aproximando-se a época natalícia, penso, é desta que vou pintar o presépio? E depois vêm as indecisões: deixo ficar assim, pinto, não, não pinto, vou deixá-lo branco, e se não gosto depois de pronto(?), (posso sempre fazer como a Cidinha, que muda o seu Papai Noel, pintando-o de novo, como me confidenciou), e tem sido assim, estes natais todos desde aí.
Qual é a vossa opinião? Se tivessem um presépio assim como este como faziam? Aceito sugestões!
Cá fico à espera dos vossos comentários e todos eles serão bem vindos.
Beijos a todas.

As tunicas, manto e coberta do menino Jesus, são em tecido.

















quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Pai Natal

Quem me conhece, sabe bem, que adoro a época natalícia, e tenho muitos enfeites de Natal, alguns pintados/feitos por mim e outros que fui adquirindo ao longo dos anos.

A figura do Pai Natal, abunda pelos quatro cantos da casa. Tenho alguns, de vários tamanhos, e este que vos trago hoje, não consegui acabar o ano passado, pelo que este ano vai estrear-se cá em casa.

Ele é de gesso, e depois de dar-lhe uma base, fui pintando à medida que vinha a inspiração, e aqui está o resultado final.





Presépio (II)

Alguns dos enfeitos de Natal, que já tenho de anos anteriores, só ontem tive acesso a eles, visto que estão em caixas, juntamente com a árvore, bolas, iluminação etc.


Ontem, ao fim de muitos anos, tive entre mãos a tarefa: fazer a árvore de Natal, a qual era alegremente desempenhada pelas filhas. Com a malta a estudar, atirei-me a este trabalho de bom grado, para assim fazer-lhes uma surpresa quando vierem de férias.


De maneira que, hoje o meu post é totalmente dedicado a isto.


Depois de montada a árvore, experimento sempre todas as lampadas e só depois as coloco, não vá acontecer alguma estar avariada e depois teria que a tirar, o que dá trabalho. Tento esconder o mais possível os fios, para não se verem, porque o que se vai ver, é somente as lampadas quando estiverem acesas.


De seguida começo por pendurar as bolas por tamanho, das maiores para as mais pequenas.


Caso haja fios, estes são colocados em último lugar, que não é o meu caso.

Este presépio é de marfinite e já o pintei há alguns anos. Usei só quatro cores, creme, laranja, verde e castanho. No final todas as peças levaram uma patine dourada.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Dia Nacional da Divulgação Cientifica

Hoje, dia 24 de Novembro comemora-se o dia Dia Nacional da Divulgação Cientifica, cujo objectivo é aproximar a comunidade cientifica dos cidadãos comuns, através da divulgação do seus trabalhos cientificos junto do público.

Neste sentido, trago-vos hoje um poema de um cientista português Rómulo de Carvalho, cujo pseudónimo é António Gedeão.


António Gedeão foi professor de Fisica-Quimica, escreveu o poema, a Pedra Fiolosofal , editado no livro, Movimento Perpétuo em 1956. Mais tarde em 1969 , Manuel Freire pegou neste poema, transformando a sua canção, num sucesso.

Leiam o poema e a seguir vejam o vídeo da canção.



Pedra Filosofal



Eles não sabem que o sonho

é uma constante da vida

tão concreta e definida

como outra coisa qualquer,

como esta pedra cinzenta

em que me sento e descanso,

como este ribeiro manso

em serenos sobressaltos,

como estes pinheiros altos

que em verde e oiro se agitam.

em bebedeiras de azul.



Eles não sabem que o sonho

é vinho, é espuma, é fermento,

bichinho álacre e sedento,

de focinho pontiagudo,

que fossa através de tudo

num perpétuo movimento.



Eles não sabem que o sonho

é tela, é cor, é pincel.

base, fuste, capitel,

arco em ogiva vitral,

pináculo de catedral,

contraponto, sinfonia,

máscara negra, magia,

que é retorta de alquimista,

mapa do mundo distante,

rosa-dos-ventos, Infante,

caravela quinhentista,

cabo da Boa Esperança,

ouro canela marfim,

bastidor, paço de dança,

Colombina e Arlequim,

passarola voadora,

ra-raios, locomotiva,

barco de proa festiva,

alto-forno, geradora,

cisão do átomo, radar,

ultra som, televisão,

desembarque em foguetão,

na superfície lunar.



Eles não sabem, nem sonham,

que o sonho comanda a vida,

que sempre que o homem sonha

o mundo pula e avança

como bola colorida

entre as mãos de uma criança



video

Caixinha de costura II

Nesta época natalícia, quem não gostaria de receber, como presentinho esta caixinha?

Depois de fazer a primeira caixinha, notei que fazia falta, um local para colocar as agulhas, vai daí, nesta fiz um pequeno fuxico no centro, para as poder colocar.




quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Botinha de Natal

Minhas amigas e seguidoras, quando vi este tecido, não resisti, ainda para mais, já estava acolchoado (!!), era só mesmo costurar! Apesar de as miúdas já serem crescidinhas, quem não gosta de ver uma botinha cheia de presentes debaixo da árvore?



E aqui está:








Dia Mundial da Filosofia

Não quis deixar de registar o Dia Mundial da Filosofia, que hoje dia 18 de Novembro se comemora, e para isto, nada melhor que deixar aqui, algumas frases de grandes filosofos:
«O estudo da Filosofia não só nos ajuda a pensar claramente sobre os nosssos preconceitos como ajuda a clarificar de forma precisa aquilo em que acreditamos»
Nigel Warburton
«A vida só pode ser entendida olhando para trás. Mas pode ser vivida olhando para a frente».
S.Kierkegaard

«O sábio nunca diz tudo o que pensa, mas pensa sempre tudo o que diz».

Aristóteles

«Não é permitido irritarmo-nos com a verdade».

Platão

«Saber o que é correcto e não o fazer é falta de coragem».

Confúcio

«Uma vida sem desafios não vale a pena ser vivida».

Sócrates


quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Árvore de Natal

Tinha umas argolas de cortinado, na cor pinho, que não deitei para o lixo, pensando que podia um dia, dar-lhes alguma utilidade, e aqui está!
Tive que as lixar, e pintei-as de branco.


Peguei em fio e fui juntando uma a uma, mas para que ficassem perfeitas, tive que as unir em três pontos.
Depois de pronta, é só decorar a gosto. Usei estes minúsculos motivos de Natal.